sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Tattoo 3

Como eu disse na postagem anterior, antes de continuar a falar sobre a garagem-bar, vou fazer uma pequena nota sobre a evolução da tatuagem.

Eu tentei tirar várias fotos e em nenhuma se consegue ver o que se vê "ao vivo". Dá para ver que está diferente, mas não se vê tudo o que se vê a olhos nus. Então escolhi uma qualquer delas para mostrar como está agora.

A tattoo com pouco mais de três semanas.
E, bem, está agora descascando, muito depois do que me foi dito ser "normal". Nada demais, afinal, cada organismo reage a seu próprio modo. Mas o caso é que enquanto vai descascando (e o processo está bastante lento), fica feio pacas: parte preta, parte acinzentada, parte esbranquiçada. E esta parte esbranquiçada parece apresentar falhas. Que não dá para saber se é só a pele nova por cima ou se há mesmo alguma falha.

Bem, seja como for, tenho que esperar o processo de cicatrização terminar (por completo). Já conversei com a tatuadora e combinamos de fazer algum retoque que seja necessário (se for mesmo necessário, e acho que será, principalmente no mindinho e em algum traço mais fino) quando eu for fazer a próxima tatuagem.

E, ah há, isto é uma nova: decidi fazer aquela velha ideia "cruz e Bíblia" no antebraço esquerdo, em preto e cinza (preferencialmente realista, mas veremos). A princípio vou fazer isso em janeiro próximo, mas posso adiantar ou atrasar a coisa conforme a conveniência.

Enquanto isso, fico aqui ansioso que este processo de cicatrização termine logo!

2 comentários:

  1. Essas fases são normais. Minha cicatrização foi mais rápida que a sua, mas como bem disse, isso é de organismo para organismo. Nunca precisei de retoque nas minhas, e tive e sempre tenho as mesmas fases. O importante é não coçar nem tirar a casquinha. Fazendo isso ela dificilmente vai falhar ou precisar de retoque. Palavra de quem tem as costas toda fechada ! Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Levi.
      Tem as costas fechadas, é? Rapaz, morro de vontade (como contei antes). Mas vou aos poucos. Além do antebraço, vi com um cara, fera em preto e cinza realista, de fazer meia manga com um outro tema que contarei em tempo oportuno. Mas o valor é além do meu orçamento no momento. Então por enquanto vou pintando pequeno.
      Sobre a coceira, eu tive bem pouco, então nem cheguei a ficar tentado. Já as casquinhas são mesmo tentadoras. Mas eu resisti na boa. Alguma até saiu quando passei a pomada, mas não forcei nada.
      Quanto ao retoque, sei não, tem uns traços bem finos e a pele fina dos dedos talvez não segure bem. Mas eu já sabia disso antes e, como a tatuadora também me disse que retoca se necessário, estou sossegado.
      Grande abraço e obrigado por comentar!

      Excluir

Comente o que quiser, concordando ou discordando, sugerindo, elogiando ou criticando, mas seja sempre educado. Qualquer comentário que seja ofensivo ou vulgar não será publicado.
Comentários de anônimos sem assinatura também não serão publicados, qualquer que seja seu conteúdo. Nem comentários puramente marketeiros.