sábado, 17 de setembro de 2016

Garagem-bar 2

Enquanto a caverna (a garagem-bar física, nos fundos do terreno de nossa, finalmente!, casa própria) não tem ocasião de sair do papel, eu me viro no "cantinho do castigo" (aquele lugar onde os instrumentos de tortura - cerveja, vinho, whiskey, cachimbo, charuto, etc. - me manterão em constante "agonia"). 

Uma coisa que adorei fazer para este cantinho do castigo foi usar os restos da grápia da obra para um banquinho e uma mesinha. 

O meu "cantinho do castigo", feito com os restos da obra da casa,
terminando de fazer o tratamento na madeira.
Sempre morei, enquanto adulto, em apartamento. E em apartamento a gente fica muito limitado para fazer as coisas por nós mesmos. Só agora, já na meia idade (será que sofro do tal mal da meia idade?) é que pude construir minha casa e começo a ter a perspectiva de fazer zilhões de coisas que sempre quis fazer no meu próprio espaço, sem encheção de saco de vizinhos.

O primeiro passo, talvez, tenha sido este cantinho do castigo. E este primeiro passo no DIY (do it yourself) me foi agradabilíssimo. Prazer e ocupação do corpo e da mente. SDG!

2 comentários:

  1. Parabéns!!! Adoro fazer essas coisas em casa... tanto que tenho até um post periódico DIY.
    Sem spoiler, mas estou fazendo algo parecido lá na varanda!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, bro. É realmente uma atividade muito agradável.
      Opa, vai sair no DIY, certo? Quero ver!

      Excluir

Comente o que quiser, concordando ou discordando, sugerindo, elogiando ou criticando, mas seja sempre educado. Qualquer comentário que seja ofensivo ou vulgar não será publicado.
Comentários de anônimos sem assinatura também não serão publicados, qualquer que seja seu conteúdo. Nem comentários puramente marketeiros.